Tendências do agronegócio a partir de 2021.

Tendências do agronegócio a partir de 2021.

No geral, a pandemia acelerou as tendências pré-existentes no agronegócio, as mudanças que pensávamos que levariam alguns anos estão ocorrendo agora.

A tecnologia chegou ao campo mais rápido do que poderíamos prever. Vamos aos fatos: 80% do mercado potencial de drones no curto prazo deverão estar na agricultura e US$16,8 bilhões é o valor esperado do mercado de robôs agrícolas até 2020.

O agronegócio vinha passando por uma onda de transformação digital, e em um cenário pós pandemia, com pautas como segurança alimentar, mudanças climáticas e gestão de recursos naturais em foco, o setor deve viver um momento disruptivo.

No geral, a pandemia acelerou as tendências pré-existentes, as mudanças que pensávamos que levariam alguns anos estão ocorrendo agora. Confira as principais tendências para o agronegócio a partir de 2021:

Adoção de novas tecnologias e digitalização em campo

Na busca por mais eficiência, menor custo e maior integração o agronegócio está explorando todo o tipo de recurso tecnológico. Dos drones sobrevoando o campo para acompanhar as colheitas, a Inteligência Artificial aplicada na pecuária, máquinas agrícolas com tecnologias de sensores e Internet das Coisas até o uso de tecnologia em nuvem para gerir melhor processos administrativos e a cadeira de suprimentos.

Aprimoramento da cadeia de valor

Os consumidores estão mais empoderados e exigentes, as demandas sobre a origem e valor nutricional dos alimentos são uma realidade. Empresas do agronegócio devem trabalhar para mostrar transparência nos processos e apresentar informações como: origem, rastreabilidade, qualidade e segurança, criando uma conexão mais estreita entre produtor e consumidor.

Responsabilidade coletiva e consciência sustentável

Ser uma empresa comprometida com a sustentabilidade e as boas práticas ambientais deixou de ser um diferencial e passou a ser um dever. Com as mudanças climáticas e as discussões envolvendo o papel do agronegócio da saúde mundial, as empresas do setor desenvolveram maior consciência do impacto de suas decisões. Esse novo pensamento inclui a adoção de diferentes iniciativas, como: tecnologia para obter resiliência climática, menor produção de carbono, maior eficiência hídrica e energética, etc. Tudo isso, além do cuidado na criação de um ecossistema de negócios sustentável, ou seja, a busca por parceiros de negócios e fornecedores com a mesma consciência e responsabilidade.

Fonte:news.sap.com

Compartilhe nas Redes Sociais!
15 de janeiro de 2021
Voltar para Blog